sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Quis gritar...

"E você olhou do elevador e me perguntou: não to esquecendo nada? E eu quis gritar: tá, tá esquecendo de mim. E você depois perguntou: não tem nada meu aí? E eu quis gritar: tem, tem eu. Eu sempre fui sua. Eu já era sua antes mesmo de saber que você um dia não ia me querer."

3 comentários:

  1. Eita..entao voce e dele ne.!!! ama mesmo ele!

    ResponderExcluir
  2. Faby...Sinta-se abraçada. E que entre as incertezas e as dores algo de muito bom lhe apareça, aconteça.

    bjim

    ResponderExcluir